domingo, 18 de junho de 2017

*ANJO DO DIA 18/06/2017 - CALIEL - SALMO 07*

ANJO nº 18 - CALIEL

Este anjo auxilia contra as adversidades, ajuda a conhecer a verdade nos processos, a triunfar os inocentes e a confundir as pessoas malvadas.

Influência: Quem nasce sob esta influência, é inteligente, irreverente, carismático e possui forte magnetismo pessoal. Tem extraordinária intuição quando o assunto refere-se a descobrir a verdade, bastando um olhar para identificar a verdadeira intenção. Não gosta do que é vago, abstrato, querendo sempre entender tudo em todos os detalhes. Grande sagacidade, enorme paciência e perseverança, analisa qualquer situação de forma fria e objetiva. É incorruptível, ama a justiça, a verdade e a integridade, analisando com amor cada pequena manifestação da vida cotidiana. Sua lógica será inatacável. É um verdadeiro "mago" que consegue realizar milagres, porque sua fé é inabalável.

Profissionalmente: Poderá ter sucesso como advogado, jornalista, escritor e em atividades relativas à magistratura. 

Anjo Contrário: Domina a intriga, a magia negra, a perversidade e o gosto pelo escândalo. A pessoa sob a influência deste anjo contrário, poderá ser um grande mentiroso, autor de cartas anônimas e escritos caluniadores ou difamadores. A justiça será pretexto, para manifestações de raiva ou vingança. Poderá envolver-se em processos escandalosos, para atender altos dignitários.

Categoria: Tronos
Príncipe: Tsaphkiel
Protege os dias: 
18/06 - 30/08 - 11/11 - 23/01 e 06/04.
Número de sorte: 10
Está presente na Terra: das 5h40 às 6h00
Mês de mudança: outubro
Carta do tarô: A roda da fortuna

Salmo 7Para livrar o ambiente de energias negativas, pedir proteção e afastar a inveja e os problemas que impedem a felicidade a dois.

01 - Senhor, Deus meu, confio, salva-me de todo o que me persegue, e livra-me;
02 - Para que ele não me arrebate, qual leão, despedaçando-me, sem que haja quem acuda.
03 - Senhor, Deus meu, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
04 - Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo, ou se despojei o meu inimigo sem causa.
05 - Já persegui-me o inimigo e alcançou-me; calcou aos pés a minha vida no chão, e deitou no pó a minha glória.
06 - Ergue-te, Senhor, na tua ira; levanta-te contra o furor dos meus inimigos; desperta-te  meu Deus, pois tens ordenado o juízo.
07 - Reúna-se ao redor de ti a assembleia dos povos, e por cima dela remonta-te ao alto.
08 - O Senhor julga os povos; julga-me, Senhor, de acordo com a minha justiça e conforme a integridade que há em mim.
09 - Cesse a maldade dos ímpios, mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas o coração e os rins.
10 - O meu escudo está em Deus, que salva os retos de coração.
11 - Deus é um juiz justo, um Deus que sente indignação todos os dias.
12 - Se o homem não se arrepender, Deus afiará a sua espada; armado e teso está o seu arco;
13 - Já preparou armas mortíferas, fazendo suas setas inflamadas.
14 - Eis que o mau está com dores de perversidade; concedeu a malvadez, e dará à luz a falsidade.
15 - Abre uma cova, aprofundando-a, e cai na cova que fez.
16 - A sua malvadez recairá sobre a sua cabeça, e a sua violência descerá sobre o seu crânio.
17 - Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor, o Altíssimo.

Fonte:http://www.portalangels.com/