terça-feira, 24 de junho de 2014

*NOVENA ANGÉLICA DA PROSPERIDADE*


NOVENA DA PROSPERIDADE

Os anjos dividem-se em nove hierarquias: serafins, querubins, tronos, dominações, potências, virtudes, principados, arcanjos e anjos. Cada uma dessas categorias é responsável por determinadas funções, auxiliando a humanidade em determinado aspecto de sua vida. Além disso, cada categoria é formada por 08 anjos e um Príncipe Angelical, um ser de luz que coordena aquela hierarquia.

A categoria dos Principados é a responsável pelas riquezas da terra, pelos minérios e pela produção agrícola. Assim, é a essa categoria angelical que devemos recorrer quando nossos pedidos são relacionados à nossa situação material e financeira. O Príncipe dos Principados é Haniel.

Quero registrar aqui que fiz esta novena e foi uma benção, pois meus pedidos foram atendidos, só por isso fiz questão de publicar, se você também receber essa graça, deixe um comentário. Reze com fé.

A Novena dos Principados:

Para invocar esses anjos, você pode realizar a Novena dos Principados.
Durante 9 dias seguidos, você deverá fazer 20 minutos de preces recitando os Salmos, dedicados cada dia a um dos anjos dessa hierarquia, conforme você verá a seguir.
Enquanto reza, você deverá manter acesa uma vela verde.

1º Dia: Invoque Haniel, Príncipe dos Principados, recitando a Invocação abaixo:
Invocação ao Príncipe Haniel:
"HANIEL, Divino Elohim, que é cheio de graça, trabalhai para que a beleza da Terra seja eterna,
para que os meus pedidos, a minha vontade, sejam alcançadas com graça e doçura.
Fazei que nesta vida, tudo o que é necessário seja utilizado com sabedoria, modéstia e humildade.
Fazei-me nobre de caráter, em falar, trabalhar e em toda minha extensão.
Príncipe HANIEL, Príncipe do amor, fazei-me otimista e em condições de sempre tomar partido do positivo.
Fazei-me sentir seguro(a) para realizar-me no amor com toda a força dos Anjos e dos Guardiões Divinos.
Príncipe HANIEL, por amor eu Vos saúdo.
Que este resplandeça e brilhe no meu ser, no meu lar, em todas as ocasiões e detalhes.Que eu triunfe perante os obstáculos, que Vosso grande raio de amor me ilumine como um diamante e me abençoe em todos os segundos de minha existência.
A M É M."

Do 2º ao 8º dia da Novena, inicie invocando nove vezes o nome do anjo correspondente. Em seguida, leia o Salmo indicado e apresente seus pedidos ao anjo. Depois, leia o Salmo novamente e encerre fazendo um agradecimento pelas dádivas recebidas.
Obs.: Para facilitar coloquei os salmos no final.

2º Dia: Invoque o anjo Vehuel, recitando o Salmo 144, entre 16h e 16h20.

3ºDia: Invoque o anjo Daniel, recitando o Salmo 102, entre 16h20 e 16h40.

4º Dia: Invoque o anjo Hahasiah, recitando o Salmo 103, entre 16h40 e 17h.

5º Dia: Invoque o anjo Imamaiah, recitando o Salmo 07, entre 17h e 17h20.

6º Dia: Invoque o anjo Nanael, recitando o Salmo 118 entre17h20 e 17h40.

7º Dia: Invoque o anjo Nithael, recitando o Salmo 102, entre17h40 e 18h.

8º Dia: Invoque o anjo Mebahiah, recitando o Salmo 101, entre 18h e 18h20.

9º Dia: Invoque o anjo Poiel, recitando o Salmo 144, entre18h20 e 18h40.


SALMOS A SEREM REZADOS:


Nos 2º e 9º dias rezar o salmo 144:
01 - Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra;
02 - meu refúgio e minha fortaleza, meu alto retiro e meu libertador, escudo meu, em quem me refugio; ele é quem me sujeita o meu povo.
03 - Ó Senhor, que é o homem, para que tomes conhecimento dele, e o filho do homem, para que o consideres?
04 - O homem é semelhante a um sopro; os seus dias são como a sombra que passa.
05 - Abaixa, ó Senhor, o teu céu, e desce! Toca os montes, para que fumeguem!
06 - Arremessa os teus raios, e dissipa-os; envia as tuas flechas, e desbarata-os!
07 - Estende as tuas mãos desde o alto; livra-me, e arrebata-me das poderosas águas e da mão do estrangeiro,
08 - cuja boca fala vaidade, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
09 - A ti, ó Deus, cantarei um cântico novo; com a harpa de dez cordas te cantarei louvores,
10 - sim, a ti que dás a vitória aos reis, e que livras da espada maligna a teu servo Davi.
11- Livra-me, e tira-me da mão do estrangeiro, cuja boca fala mentiras, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
12 - Sejam os nossos filhos, na sua mocidade, como plantas bem desenvolvidas, e as nossas filhas como pedras angulares lavradas, como as de um palácio.
13 - Estejam repletos os nossos celeiros, fornecendo toda sorte de provisões; as nossas ovelhas produzam a milhares e a dezenas de milhares em nossos campos;
14 - os nossos bois levem ricas cargas; e não haja assaltos, nem sortidas, nem clamores em nossas ruas!
15 - Bem aventurado o povo a quem assim sucede! Bem aventurado o povo cujo Deus é o Senhor.


Nos 3º e 7º dias rezar o salmo 102:
01 - Ó Senhor, ouve a minha oração, e chegue a ti o meu clamor.
02 - Não escondas de mim o teu rosto no dia da minha angústia; inclina para mim os teus ouvidos; no dia em que eu clamar, ouve-me depressa.
03 - Pois os meus dias se desvanecem como fumaça, e os meus ossos ardem como um tição.
04 - O meu coração está ferido e seco como a erva, pelo que até me esqueço de comer o meu pão.
05 - Por causa do meu doloroso gemer, os meus ossos se apegam à minha carne.
06 - Sou semelhante ao pelicano no deserto; cheguei a ser como a coruja das ruínas.
07 - Vigio, e tornei-me como um passarinho solitário no telhado.
08 - Os meus inimigos me afrontam todo o dia; os que contra mim se enfurecem, me amaldiçoam.
09 - Pois tenho comido cinza como pão, e misturado com lágrimas a minha bebida,
10 - por causa da tua indignação e da tua ira; pois tu me levantaste e me arrojaste de ti.
11 - Os meus dias são como a sombra que declina, e eu, como a erva, me vou secando.
12 - Mas tu, Senhor, estás entronizado para sempre, e o teu nome será lembrado por todas as gerações.
13 - Tu te levantarás e terás piedade de Sião; pois é o tempo de te compadeceres dela, sim, o tempo determinado já chegou.
14 - Porque os teus servos têm prazer nas pedras dela, e se compadecem do seu pó.
15 - As nações, pois, temerão o nome do Senhor, e todos os reis da terra a tua glória,
16 - quando o Senhor edificar a Sião, e na sua glória se manifestar,
17 - atendendo à oração do desamparado, e não desprezando a sua súplica.
18 - Escreva-se isto para a geração futura, para que um povo que está por vir louve ao Senhor.
19 - Pois olhou do alto do seu santuário; dos céus olhou o Senhor para a terra,
20 - para ouvir o gemido dos presos, para libertar os sentenciados à morte;
21 - a fim de que seja anunciado em Sião o nome do Senhor, e o seu louvor em Jerusalém,
22 - quando se congregarem os povos, e os reinos, para servirem ao Senhor.
23 - Ele abateu a minha força no caminho; abreviou os meus dias.
24 - Eu clamo: Deus meu, não me leves no meio dos meus dias, tu, cujos anos alcançam todas as gerações.
25 - Desde a antigüidade fundaste a terra; e os céus são obra das tuas mãos.
26 - Eles perecerão, mas tu permanecerás; todos eles, como um vestido, envelhecerão; como roupa os mudarás, e ficarão mudados.
27 - Mas tu és o mesmo, e os teus anos não acabarão.
28 - Os filhos dos teus servos habitarão seguros, e a sua descendência ficará firmada diante de ti.


No 4º dia rezar o salmo 103:
01 - Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.
02 - Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.
03 - É ele quem perdoa todas as tuas iniqüidades, quem sara todas as tuas enfermidades,
04 - quem redime a tua vida da cova, quem te coroa de benignidade e de misericórdia,
05 - quem te supre de todo o bem, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.
06 - O Senhor executa atos de justiça, e juízo a favor de todos os oprimidos.
07 - Fez notórios os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.
08 - Compassivo e misericordioso é o Senhor; tardio em irar-se e grande em benignidade.
09 - Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira.
10 - Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui segundo as nossas iniqüidades.
11 - Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua benignidade para com os que o temem.
12 - Quanto o oriente está longe do ocidente, tanto tem ele afastado de nós as nossas transgressões.
13 - Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.
14 - Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.
15 - Quanto ao homem, os seus dias são como a erva; como a flor do campo, assim ele floresce.
16 - Pois, passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não a conhece mais.
17 - Mas é de eternidade a eternidade a benignidade do Senhor sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos,
18 - sobre aqueles que guardam o seu pacto, e sobre os que se lembram dos seus preceitos para os cumprirem.
19 - O Senhor estabeleceu o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo.
20 - Bendizei ao Senhor, vós anjos seus, poderosos em força, que cumpris as suas ordens, obedecendo à voz da sua palavra!
21 - Bendizei ao Senhor, vós todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais a sua vontade!
22 - Bendizei ao Senhor, vós todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio! Bendizei, ó minha alma ao Senhor!


No 5º dia rezar o salmo 07:
01 - Senhor, Deus meu, confio, salva-me de todo o que me persegue, e livra-me;
02 - Para que ele não me arrebate, qual leão, despedaçando-me, sem que haja quem acuda.
03 - Senhor, Deus meu, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos,
04 - se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo, ou se despojei o meu inimigo sem causa.
05 - persiga-me o inimigo e alcance-me; calque aos pés a minha vida no chão, e deite no pó a minha glória.
06 - Ergue-te, Senhor, na tua ira; levanta-te contra o furor dos meus inimigos; desperta-te, meu Deus, pois tens ordenado o juízo.
07 - Reúna ao redor de ti a assembléia dos povos, e por cima dela remonta-te ao alto.
08 - O Senhor julga os povos; julga-me, Senhor, de acordo com a minha justiça e conforme a integridade que há em mim.
09 - Cesse a maldade dos ímpios, mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas o coração e os rins.
10 - O meu escudo está em Deus, que salva os retos de coração.
11 - Deus é um juiz justo, um Deus que sente indignação todos os dias.
12 - Se o homem não se arrepender, Deus afiará a sua espada; armado e teso está o seu arco;
13 - já preparou armas mortíferas, fazendo suas setas inflamadas.
14 - Eis que o mau está com dores de perversidade; concedeu a malvadez, e dará à luz a falsidade.
15 - Abre uma cova, aprofundando-a, e cai na cova que fez.
16 - A sua malvadez recairá sobre a sua cabeça, e a sua violência descerá sobre o seu crânio.
17 - Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor, o Altíssimo.


No 6º dia rezar o salmo 118:
01 - Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.
02 - Diga, pois, Israel: A sua benignidade dura para sempre.
03 - Diga, pois, a casa de Arão: A sua benignidade dura para sempre.
04 - Digam, pois, os que temem ao Senhor: A sua benignidade dura para sempre.
05 - Do meio da angústia invoquei o Senhor; o Senhor me ouviu, e me pôs em um lugar largo.
06 - O Senhor é por mim, não recearei; que me pode fazer o homem?
07 - O Senhor é por mim entre os que me ajudam; pelo que verei cumprido o meu desejo sobre os que me odeiam.
08 - É melhor refugiar-se no Senhor do que confiar no homem.
09 - É melhor refugiar-se no Senhor do que confiar nos príncipes.
10 - Todas as nações me cercaram, mas em nome do Senhor eu as exterminei.
11 - Cercaram-me, sim, cercaram-me; mas em nome do Senhor eu as exterminei.
12 - Cercaram-me como abelhas, mas apagaram-se como fogo de espinhos; pois em nome do Senhor as exterminei.
13 - Com força me impeliste para me fazeres cair, mas o Senhor me ajudou.
14 - O Senhor é a minha força e o meu cântico; tornou-se a minha salvação.
15 - Nas tendas dos justos há jubiloso cântico de vitória; a destra do Senhor faz proezas.
16 - A destra do Senhor se exalta, a destra do Senhor faz proezas.
17 - Não morrerei, mas viverei, e contarei as obras do Senhor.
18 - O Senhor castigou-me muito, mas não me entregou à morte.
19 - Abre-me as portas da justiça, para que eu entre por elas e dê graças ao Senhor.
20 - Esta é a porta do Senhor; por ela os justos entrarão.
21 - Graças te dou porque me ouviste, e te tornaste a minha salvação.
22 - A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta como pedra angular.
23 - Foi o Senhor que fez isto e é maravilhoso aos nossos olhos.
24 - Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.
25 - Ó Senhor, salva, nós te pedimos; ó Senhor, nós te pedimos, envia-nos a prosperidade.
26 - Bendito aquele que vem em nome do Senhor; da casa do Senhor vos bendizemos.
27 - O Senhor é Deus, e nos concede a luz; atai a vítima da festa com cordas às pontas do altar.
28 - Tu és o meu Deus, e eu te darei graças; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei.
29 - Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.


No 8º dia rezar o salmo 101:
01 - Cantarei a benignidade e o juízo; a ti, Senhor, cantarei.
02 - Portar-me-ei sabiamente no caminho reto. Oh, quando virás ter comigo? Andarei em minha casa com integridade de coração.
03 - Não porei coisa torpe diante dos meus olhos; aborreço as ações daqueles que se desviam; isso não se apagará a mim.
04 - Longe de mim estará o coração perverso; não conhecerei o mal.
05 - Aquele que difama o seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não o tolerarei.
06 - Os meus olhos estão sobre os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda no caminho perfeito, esse me servirá.
07 - O que usa de fraude não habitará em minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos.
08 - De manhã em manhã destruirei todos os ímpios da terra, para desarraigar da cidade do Senhor todos os que praticam a iniqüidade.