quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

*PRECE PARA O ANO NOVO*

PRECE PARA O ANO NOVO




Pai amado,


Estou dando os primeiros passos em um novo ano... Peço para ele a tua bênção e a tua luz, para que eu o transforme em dias plenos de felicidade, não apenas para mim, mas para todos aqueles que estarão em contato comigo a partir de agora!...
Que eu saiba administrar o novo tempo conforme tua lei e vontade e o receba com respeito e gratidão, como preciosa oportunidade de progresso, praticando sem restrição as virtudes que enobrecerão a minha vida e a vida de todos ao meu redor.
Neste novo ano, que eu pelo menos tente seguir mais a tua lei de amor e verdade e menos as frágeis e volúveis convenções humanas, que me conduzem quase sempre primeiro à ilusão e depois ao sofrimento...
Que eu seja sincero em minhas afeições e honesto em minhas relações... Que a mentira não manche minha consciência para que a vergonha mais tarde não me martirize o coração!...
Que eu saiba ser tolerante com o modo de ser de toda e qualquer pessoa, seja no âmbito afetivo, pessoal, racial ou social.
Não podendo ainda aceitar ou compreender, que eu ao menos abdique de censurar ou condenar aquilo que venha por ventura a me escandalizar...
Todos somos de Deus, desde o menor até o maior. Não me cabe, portanto julgar a Criação, mas colaborar para que ela seja harmoniosa e pacífica dentro de todas as minhas possibilidades.
Que eu saia ao encontro de meus irmãos recebendo-os em meu coração tal qual são, sem o impulso de modificá-los ou de adaptá-los ao meu jeito de ser...
Que eu tente amar sem condições ou exigências, pelo menos uma vez, e experimente assim a felicidade de querer bem sem esperar retribuição e não acabe o ano mais uma vez sozinho e sem afeições verdadeiras...
Que eu consiga olhar nos olhos dos outros com toda a ternura de que sou capaz, sem esperar que me fitem com a mesma intensidade e carinho...
Que eu ajude, que eu perdoe, que eu compreenda, que eu tolere, que eu ame, enfim! O mundo perfeito, de paz e conciliação não começa nos outros, começa em mim mesmo!
Que eu não queira ser grande apenas, que eu queria ser grande e bom!
A melhoria em todas as áreas é obrigação nossa perante a vida, mas de que vale esse crescimento se destituído de bondade e compaixão?
Que eu seja, em Teu Nome, consolo, fé e esperança.
Que eu seja paz, equilíbrio e segurança!
Que eu seja teu servo fiel, o teu trabalhador incansável...
Que eu supere meus medos mais recônditos e acredite em Ti, acima de qualquer risco ou temor !...
Que eu seja, Pai, neste novo ano e em todos os demais, o aprendiz sincero do Amor Maior do qual nos originamos e para o qual retornaremos um dia, plenos de luz e sabedoria, para encetar, ainda com o Teu amparo, novos e gloriosos voos espirituais.
Assim seja!

Psicografia do Instituto André Luiz, 31.12.2011 e publicado no site na mesma data. (Com registro BNB)