domingo, 19 de junho de 2011

*ORAÇÃO PARA QUEBRA DE MALDIÇÃO*

Oração para Quebra de Maldição
Franco Guizetti
Em nome do pai do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Anjo do mal, levantamos nosso escudo da fé contra ti e te resistimos com a espada do Espírito Santo, a palavra de Deus, que proclama o teu julgamento como falso deus, acusador e afligidor dos filhos do Altíssimo.
Anunciamos que estão destruídas as tuas obras em nossas vidas e na vida de nossos familiares, companheiros de equipe e servos dos ministérios...
Pelo poder do sangue de Jesus Cristo (fazer o sinal da cruz), rejeitamos e quebramos todas as pragas malignas, maldições, encantamentos, rituais, poderes psíquicos, obras de feitiçaria enviadas para derrotar ou destruir nossas vidas e ministérios.
Resistimos a todos os poderes demoníacos enviados contra nós por quem quer que seja.
Ordenamos a todos os poderes do mal que voltem imediatamente para o lugar de onde vieram.
No nome de Jesus, abençoamos os que nos amaldiçoaram.
Enviamos o Espírito Santo a eles, para que os convença de seus pecados e os leves para Sua Luz e os envolva na misericórdia do Deus Vivo.
Assim seja, em nome do Senhor nosso Deus, Jesus Cristo, Amém.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

*FELIZ ANIVERSÁRIO MEU ÚNICO NETO VARÃO!*

FELIZ ANIVERSÁRIO MEU ÚNICO NETO VARÃO!
Hoje você faz 15 anos, meu neto!
Quinze anos em que me orgulho da sua existência, minha “alma gêmea”, como nos chamamos!
Você é meu guerreiro da paz, da justiça, da responsabilidade e do amor!
Muitos dizem que foi porque eu lhe criei, estão muuuito enganados... Você já nasceu assim!
É claro que nem tudo é perfeição, principalmente porque você está na “aborrecência” e de vez em quando é um tantinho “chatonildo”...
Como eu tinha medo de depois de tantas batalhas, você tivesse “traumas” e se tornasse rancoroso...
Mas “Deus, como sempre, escreve certo por linhas tortas”, finalmente lhe deu a família que você tanto desejou! Pai, mãe e irmãs!
Aliás, você tem mães para mais de metro, não é mesmo? A mãe que lhe gerou e que agora está participando mais de sua vida, a mãeina (tia e madrinha que por você mesmo foi assim denominada e que o acompanhou e acompanha até hoje) e a mãe que está presente no seu dia a dia há mais de 05 anos, como mãe completa!
Eu te amo, meu Príncipe Felipe e você sabe que sempre olharei por você de onde estiver!
Meus Parabéns, não só por ser seu aniversário, mas por você ser a pessoa que é!
Muitas Felicidades hoje e sempre!
E como digo toda noite quando você me liga: Fique com Deus, Deus te abençoe, te amo...
Carolina.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

*FELIZ ANIVERSÁRIO MEU GENRO*

FELIZ ANIVERSÁRIO MEU GENRO
Há mais de 21 anos você faz parte de nossa família!
Quando lhe conheci pela primeira vez, pensei na coincidência de tantos “JOSÉ GERALDO” na nossa vida.
Minha filha tinha o pai José Geraldo, o irmão José Geraldo e depois o namorado-noivo e finalmente marido José Geraldo!
De tantos só ficou você conosco!
Chegou de mansinho, como colega de faculdade da minha filha e foi se agregando aos poucos...
Hoje, você que me deu a primeira neta e a terceira (recheio do meu sanduíche de netos!), já atravessou conosco momentos felizes e outros muito tristes!

Eu admiro você meu genro, por ter saído da casa de seus pais no interior, tão cedo e ter sobrevivido numa metrópole como São Paulo, com tanta dignidade!
Agradeço a Deus por ter feito o encontro entre você e minha filha, que com certeza foram feitos um para o outro! Não porque são perfeitos, afinal ninguém neste mundo o é... Mas porque são o côncavo e o convexo, onde falta em um, sobra no outro...
Embora nossa diferença de idade seja de apenas 08 anos, sempre o considerei e chamei de meu filho e, assim penso que sempre o tratei, dando broncas quando preciso, elogiando quando você merece.
Ser sogra não é fácil, mas não queria outro marido para minha filha e nem outro pai para minhas netas, que não você.
Nestes seus 51 anos, “Tio Sukita”, lhe desejo saúde, saúde, saúde, proteção, paz, amor e união na família formada por você, estabilidade e segurança financeira e muito sucesso em todas as áreas de sua vida!

Meus Parabéns, muuuuitas Felicidades e saiba que eu amo muito você meu filho-genro.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

*SANTO ANTONIO*

13 DE JUNHO - DIA DE SANTO ANTONIO
Protetor dos pobres, o auxílio na busca de objetos ou pessoas perdidas, o amigo nas causas do coração. Assim é Santo Antônio de Pádua, frei franciscano português, que trocou o conforto de uma abastada família burguesa pela vida religiosa.Contam os livros que o santo nasceu em Lisboa, em 15 de agosto de 1195, e recebeu no batismo o nome de Fernando. Ele era o único herdeiro de Martinho, nobre pertencente ao clã dos Bulhões y Taveira de Azevedo. Sua infância foi tranquila, sem maiores emoções, até que resolveu optar pelo hábito. A escolha recaiu sobre a ordem de Santo Agostinho.Os primeiros oito anos de vida do jovem frei, passados nas cidades de Lisboa e Coimbra, foram dedicados ao estudo. Nesse período, nada escapou a seus olhos: desde os tratados teológicos e científicos às Sagradas Escrituras. Sua cultura geral e religiosa era tamanha que alguns dos colegas não hesitavam em chamá-lo de "Arca do Testamento".Reservado, Fernando preferia a solidão das bibliotecas e dos oratórios às discussões religiosas. Bem, pelo menos até um grupo de franciscanos cruzar seu caminho. O encontro, por acaso, numa das ruas de Coimbra marcou-o para sempre. Eles eram jovens diferentes, que traziam nos olhos um brilho desconhecido. Seguiam para o Marrocos, na África, onde pretendiam pregar a Palavra de Deus e viver entre os sarracenos.
A experiência costumava ser trágica. E daquela vez não foi diferente. Como a maioria dos antecessores, nenhum dos religiosos retornou com vida. Depois de testemunhar a coragem dos jovens frades, Fernando decidiu entrar para a Ordem Franciscana e adotar o nome de Antônio, numa homenagem à Santo Antão. Disposto a se tornar um mártir, ele partiu para o Marrocos, mas logo após aportar no continente africano, Antônio contraiu uma febre, ficou tão doente que foi obrigado à voltar para a casa. Mais uma vez, os céus lhe reservava novas surpresas. Uma forte tempestade obrigou seu barco a aportar na Sicília, no sul da Itália. Aos poucos, recuperou a saúde e concebeu um novo plano: decidiu participar da assembléia geral da ordem em Assis, em 1221, e deste modo conheceu São Francisco pessoalmente.É difícil imaginar a emoção de Santo Antônio ao encontrar seu mestre e inspirador, um homem que falava com os bichos e recebeu as chagas do próprio Cristo. Infelizmente, não há registros deste momento tão particular da história do Cristianismo. Sabe-se apenas que os dois santos se aproximaram mais tarde, quando o frei português começou a realizar as primeiras pregações. E que pregações! Santo Antônio era um orador inspirado. Suas pregações eram tão disputadas que chegavam a alterar a rotina das cidades, provocando o fechamento adiantado dos estabelecimento comerciais. 
De pregação em pregação, de povoado em povoado, o santo chegou a Pádua. Lá, converteu um grande número de pessoas com seus atos e suas palavras. Foi para esta cidade que ele pediu que o levassem quando seu estado de saúde piorou, em junho de 1231. Santo Antônio, porém, não resistiu ao esforço e morreu no dia 13, no convento de Santa Maria de Arcella, às portas da cidade que batizou de "casa espiritual". Tinha apenas 36 anos de idade.O pedido do religioso foi atendido dias depois, com seu enterro na Igreja de Santa Maria Mãe de Deus. Anos depois, seus restos foram transferidos para a enorme basílica, em Pádua. O processo de canonização de frei Antônio encabeça a lista dos mais rápidos de toda a história. Foi aberto meses depois de sua morte, durante o pontificado de Papa Gregório IX, e durou menos de ano. 
Graças a sua dedicação aos humildes, Santo Antônio foi eleito pelo povo o protetor dos pobres. Transformou-se num dos filhos mais amados da Igreja, um porto seguro a qual todos – sem exceção – podem recorrer. Uma das tradições mais antigas em sua homenagem é, justamente, a distribuição de pães aos necessitados e àqueles que desejam proteção em suas casas.Homem de oração, Santo Antônio se tornou santo porque dedicou toda a sua vida para os mais pobres e para o serviço de Deus.
Diversos fatos marcaram a vida deste santo, mas um em especial era a devoção a Maria. Em sua pregação, em sua vida a figura materna de Maria estava presente. Santo Antônio encontrava em Maria além do conforto a inspiração de vida.
O seu culto, que tem sido ao longo dos séculos objeto de grande devoção popular é difundido por todo o mundo através da missionação e miscigenado com outras culturas (nomeadamente Afro-Brasileiras e Indo-Portuguesas).
Santo Antônio torna-se um dos santos de maior devoção de todos os povos e sem dúvida o primeiro português com projeção universal.
De Lisboa ou de Pádua, é por excelência o Santo "milagreiro", "casamenteiro", do "responso" e do Menino Jesus. Padroeiro dos pobres é invocado também para o encontro de objetos perdidos.Sobre seu túmulo, em Pádua, foi construída a basílica a ele dedicada.


TREZENA DE SANTO ANTÔNIO 
AS 13 TERÇAS-FEIRAS EM HONRA DE SANTO ANTÔNIO 
Súplica 
Meu querido Santo Antônio, Santo dos mais carinhosos, o vosso ardente amor de Deus, as vossas sublimes virtudes e grande caridade para com o próximo vos mereceram durante a vida o poder de fazer milagres espantosos. Nada vos era impossível senão deixar de sentir compaixão pelos que necessitavam da vossa eficaz intercessão. A vós recorremos e vos imploramos que nos obtenhais a graça especial que neste momento pedimos. Ó bondoso e santo Taumaturgo, cujo coração estava sempre cheio de simpatia pelos homens, segredai as nossas preces ao Menino Jesus que tanto gostava de repousar nos vossos braços. Uma palavra vossa nos obterá as mercês que pedimos. (Segue-se a meditação do dia competente)

1ª Terça-feira
Oração - Invencível Santo Antônio, mártir pelo desejo, pelo fervor do amor que vos inflamou com o ardente anseio de derramar o vosso sangue por Nosso Senhor Jesus Cristo, invocamos o vosso auxílio para que nos assistais a nós e a todos os agonizantes na hora da nossa morte, e para que obtenhais o eterno descanso para as almas do purgatório. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...)

2ª Terça-feira
Oração - Ó Santo Antônio, grande Doutor da Igreja, que ilustrastes a eterna e imutável verdade tanto pela palavra como pelo exemplo, nós vos imploramos que nos conserveis na fé católica, que convertais os que estão fora da nossa Igreja e que extirpeis todos os erros e falsidades. Obtende também que os Governantes e os Magistrados exerçam a justiça com eqüidade e para o bem do povo.
(Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...)

3ª Terça-feira
Oração - Ó bondoso consolador Santo Antônio! Nunca quem procurou o vosso auxílio deixou de ser atendido. Humildemente vos suplicamos que nos auxilieis, a nós e a todo o mundo, nas calamidades e aflições; preservai-nos da falta de arrependimento, da covardia e do desespero; afastai de nós toda a intolerância e toda a discórdia. ( Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...)

4ª Terça-feira
Oração - Santo Antônio, fervoroso adorador de Nosso Senhor Jesus Cristo, que ateastes em toda a parte o fogo da caridade perante o qual os demônios fugiam, guardai as nossas almas e os nossos corpos, e defendei-os contra as tentações de Satanás, para que ele não tenha o poder de nos molestar em pensamentos, palavras e obras, e afastai de nós todos os vãos receios e imaginações.
(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

5ª Terça-feira
Oração - Ó maravilhoso pregador Santo Antônio, a cujas poderosas palavras nenhum pecador podia resistir, humildemente vos suplicamos que preserveis os nossos corpos de febres, feridas e doenças infecciosas, e as nossas almas da lepra do pecado. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

6ª Terça-feira
Oração - Ó milagroso Taumaturgo Santo Antônio, em quem Deus manifestou o seu poder , livrai-nos de todas as fraquezas e enfermidades para que possamos sempre glorificar Deus Todo Poderoso, sãos de espírito e de corpo, e fortes de alma. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

7ª Terça-feira
Oração - Santo Antônio, fiel guia dos viajantes, a quem Deus deu o poder de dominar as tempestades e de acalmar as ondas do mar, preservai-nos a nós e a todos os viajantes dos perigos do mar e da terra, e do naufrágio das nossas almas. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

8ª Terça-feira
Oração - Ó valente confessor Santo Antônio, que libertastes das cadeias temporais os corpos dos homens, e das cadeias espirituais as suas almas, libertai os pobres cativos das prisões que não mereceram, e as almas que o pecado escraviza, das trevas dos seus cárceres espirituais, e auxiliai todos os que estão condenados à morte. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

9ª Terça-feira
Oração - Ó branca Flor da Pureza, Santo Antônio, que tivestes nos vossos braços virginais Jesus, o Filho de Deus, nós vos suplicamos que nos preserveis a nós, e a todos os que nos pertencem, dos males corporais; auxiliai também os surdos, os mudos, os cegos, os coxos, os disformes, e alcançai para eles a paciência necessária para suportarem as suas aflições. Ajudai também a preservar o corpo místico da Igreja, e fazei com que todas as nações, com os seus governantes e príncipes, se conservem fiéis ao seu chefe.
(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

10ª Terça-feira
Oração - Fidelíssimo Santo Antônio, que desprezastes os bens deste mundo para poderes obter as riquezas de Cristo, ajudai-nos a nunca desejar nada que nos seja prejudicial, preservai-nos de todas as ambições mundanas e obtende-nos que procuremos sempre a graça, e, se a perdermos, não descansemos até recuperá-la. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

11ª Terça-feira
Oração - Santo Antônio, poderoso auxiliar, em quem o amor de Nosso Senhor Jesus Cristo obra tão grandes maravilhas, invocamos o vosso auxílio em todos os perigos, visíveis e invisíveis. Preservai-nos, pela vossa intercessão, dos nossos inimigos, dos raios, das tempestades, do incêndio e da guerra, e livrai-nos fielmente de todos os perigos da alma e do corpo.
(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

12ª Terça-feira
Oração - Santo Antônio, refúgio universal, nós vos suplicamos que nos socorrais em todas as aflições, na pobreza e na enfermidade; que consoleis as viúvas e os órfãos, e todos aqueles que vos invocam nas suas necessidades.
(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)

13ª Terça-feira
Oração - Ó Glorioso Santo Antônio, honra de Portugal, Apóstolo de todas as nações, manifestai-nos o poder milagroso que tem ganho vitórias tão maravilhosas sobre o erro e a descrença, e acendei nos nossos corações a chama da divina caridade e do amor fraterno, a fim de que, unidos no aprisco verdadeiro do Divino Pastor, possamos glorificar Aquele que, com o Pai e o Espírito Santo, vive e reina eternamente. Amém. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 




sexta-feira, 10 de junho de 2011

*Dra. HELOISA DINI*

Dra. HELOISA DINI 

Esta poetiza, por mim homenageada, é uma mulher ímpar, que assim como as mulheres que mais admiro, é uma desbravadora que costumo chamar de "minha ídola", porque além de tudo o mais que ela representa, em 1985  foi a primeira mulher brasileira eleita presidente de sub-seção da Ordem dos Advogados do Brasil, sendo que sua chapa foi composta apenas por mulheres. Competente, corajosa, ela marca sua vida como profissional e cidadã envolvida em movimentos beneficentes. (fonte: Rui Albuquerque - no Espaço do Rui do Jornal Ipanema).

Abaixo, copio a mensagem enviada por ela aos seus amigos, entre os quais tenho o privilégio de me incluir, relatando o achado destas preciosidades, entre os seus guardados:

- "Queridos amigos,

       Foi-se o tempo em que eu tinha tempo e me entregava a simplórias escrevinhações.  
Um dia, tantos anos, joguei fora o caderno de poesias, crônicas e contos, achando que eu não era mais aquilo que ali estava.  
Às vezes tenho saudade do caderno desprezado.
Hoje, em antigos guardados, encontrei algumas delas e, ressuscitadas, compartilho com vocês.  E já pedindo perdão pelo amadorismo.
Marcas de uma época.  Tantas lutas e dificuldades vencidas. 
Uf, sobrevivi!"

Não só sobreviveu, como venceu!
Então vamos ao que interessa... algumas de suas "jóias", esperando que esta pequena homenagem, sirva de incentivo para que esse dom não mais se cale:


VALE A PENA VIVER
 Está escuro lá fora
mas é dia mesmo assim,
na minha alma ainda mora
Um pedacinho de mim.

Chove, na rua e cá dentro,
água que molha o meu ser,
lagoa onde sempre encontro
uma razão de viver.

E entro devagar na vida,
que teima em querer correr,
sem querer ficar esquecida
porque vale a pena viver!


LEMBRANÇAS
 Aquele piano velho que irrompia
em notas marteladas
ao morrer o dia,
da janela aberta do primeiro andar
das tias.

O chá das cinco, debicado
com torradas e docinhos
ao ritmo já cansado
do relógio antigo
ao canto do salão.

Sinh'Ana e Dona Mariquinhas,
que vinham normalmente
às sextas-feiras
para a cavaqueira do serão.

- como tudo agora é só saudade,
vagamente retida na lembrança!
O piano calou-se e o relógio foi vendido
ao arcado Manoel, prestamista do bairro
Sem remédio e nem esperança,
como tudo mudou!

O tempo varreu as tias e as beatas
O coronel morreu ingloriamente de
bronquite em casa,
e o salão ficou deserto e sem paisagem!

Vôo de asa
que roçou
para  seguir viagem
tudo em nada
(longe e perto)
se tornou...


CONFITEOR
 Erigiste-me o berço, e criaste-me o teto,
ao perfume da flor, numa alfombra orvalhada,
e fizeste-me ler, em mágico alfabeto,
numa explosão de luz, belos contos de fada.

E incustiste-me o amor e legaste-me o afeto
que resiste ao tufão, que suporta a rajada.
E deste-me, sem paga, ó Supremo Arquiteto,
antes da noite, os clarões da alvorada!

E o fragor da cascata, e o murmúrio da fonte,
e o silêncio da sombra e o tumulto da lida,
e a agonia do sol, que incendeia o horizonte.

Mas só me curvei ao Teu manto inconcusso
quando me deste, Senhor, das tormentas da vida,
este amor infinito, me calando o soluço!


SIMPLICIDADE
 Quero uma casa modesta
Onde Deus more comigo
E que tenha um ar de festa
Sempre que chegue um amigo.

Quero-a simples, mas farta,
Cheia de sol e bom pão
Para que um amigo não parta
E outro não chegue em vão.

Quero-a humilde e singela
Sem qualquer ostentação
Que quem entre enxergue nela
A imagem de um  coração.

Sou modesta por prazer
Ser simples dá-me alegria
Pois basta-me para viver
O nosso pão de cada dia.

E tudo que eu partilhar
Louvo a Deus, tenha certeza
Já tenho pão p'ra calar
Os gemidos da pobreza.


ENVELHEÇO   
 Este sublime
entardecer
antes do deslumbramento
da aurora
sem fim.

Essa folha
sacudida
no espaço
da fantasia
turva e vaga.

Esse outono
sem lareira
sem flores
nem fronteiras
no jardim.

Esse lume vencido
pelo cansaço
que o sol
esquece e o tempo apaga.


VENTURA
    Vem ter comigo, amor, mas de mansinho
Prá que não te ouça alguém, a não ser eu
Vem ter comigo, amor, a noite é breu
E nosso quarto é tão quente como um ninho.

Vem ter comigo, amor, devagarinho
Quero encontrar na noite o rosto teu
E o maior beijo que jamais se deu
Repousa em minha boca com carinho.

Quero mergulhar as mãos nos teus cabelos
E nesse gesto, amor, que te seduz
Dar-te tudo o que tenho em doce anelo.

Das tuas mãos fazer o meu sudário
Dos teus fortes braços a minha cruz
E do teu louco amor o meu calvário!

RECEITA
Apetece-me cozinhar estrelas
com casca
E à mistura
muitos luares.
Ah, manjar celeste
sopa de poetas,
tantos jantares,

tantos ascetas!