domingo, 8 de maio de 2011

*DIA DAS MÃES*



Muito já se disse, muito está sendo dito neste momento e muito ainda se dirá em verso e prosa sobre MÃE, principalmente no dia da sua comemoração!
Existem MÃES e “mães”!
Nos últimos tempos cresceu muito, infelizmente, o número de “mães” que abandonam seus filhos, que os jogam, literalmente, no lixo, nos rios, em terrenos baldios, etc... E outras tantas que, embora não os abandonem, ferem física e moralmente e até mesmo matam seus rebentos...
“Mães” que embora não os tenha criado, procuram suas crias quando já crescidos (consequentemente, com alguma condição de ajudá-las), para se dizerem arrependidas, contando-lhes mil motivos porque foram “obrigadas” a deixá-los...
Mas como a grande maioria, graças a Deus, ainda é essa figura tradicional de MÃE abnegada, presente, educadora, carinhosa e protetora, é preferível falar delas!
Eu e minhas irmãs tivemos MÃE e MÃE-AVÓ, que nos amaram, abençoaram e nos criaram, e como não podia deixar de ser, nos tornamos MÃES, MÃES-AVÓS E MÃES-TIAS!
É por isso que neste dia das mães, mesmo não tendo neste mundo, nossas mães, mais uma vez vamos nos reunir, como em todos os anos em que as tivemos, porque temos nossos filhos-netos-sobrinhos e merecemos comemorar esse dia juntos, trocando amor e carinhos!
Abaixo, registro as fotos de alguns desses momentos inesquecíveis!!!
Beijos e minhas homenagens a todas as MÃES, principalmente as mães da minha vida (em destaque, minha filha e norinha), neste maio de 2011.

Carolina.